Entrevistas 3 anos atrás | Diogo Amorim

Simone Silvério, presidente e fundadora da ABFRN, fala sobre inovações na fotografia newborn

Depois de trocar a carreira financeira pela fotografia, ela é um dos grandes nomes da fotografia newborn no país

por Revista FHOX

Apaixonada por fotografia desde a adolescência, Simone Silvério é um dos grandes nomes do newborn no Brasil. Ela é membro das associações americanas PPA (Professional Photographers of America) e NAPCP (National Association of Professional Child Photographers) e presidente da ABFRN (Associação Brasileira de Fotógrafos de Recém-Nascidos).

simone-silverio-newborn-3Simone Silvério

Buscando inovar seu trabalho cada dia mais, Simone trouxe para o país a ideia de reproduzir o formato da barriga da mãe utilizando gesso. Após o molde ficar pronto, ele serve de acessório para fotografar os recém-nascidos. “Tive a ideia quando vi em uma loja de brinquedos nos Estados Unidos um kit que as mães usam para fazer o molde de gesso da barriga e guardar como recordação. Aqui adoram a ideia. É como ‘ver’ o bebê dentro da barriga sem a frieza de um ultrassom.”

Simone procura sempre estudar, trazer novidades e aperfeiçoar suas técnicas, principalmente porque devido à situação econômica do país, o número de ensaios está menor do que há três anos. “Creio em uma recuperação lenta da economia e também que a fotografia de recém-nascidos já se tornou tradição. A ABFRN já é bem conhecida entre os fotógrafos, agora é hora de focarmos na divulgação para os pais, assim os clientes poderão contar com a segurança e tranquilidade de contratar um profissional reconhecido. Nosso mercado é grande e tem espaço para todos. Um momento tão significativo na vida não pode deixar de ser registrado.”

simone-silverio-newborn-2Simone Silvério

Simone vê a fotografia brasileira, principalmente a newborn, se desenvolvendo bem e que em breve nos tornaremos referência global, como os norte-americanos, canadenses e australianos, países em que a fotografia de recém-nascidos já está estabelecida. “Os americanos, por exemplo, têm o costume de colocar as fotos nas paredes, então os fotógrafos entregam impressões e não arquivos digitais”, conta. Ela acredita que uma boa impressão faz toda a diferença.

simone-silverio-newborn-1Simone Silvério