Inovação & Tech 1 ano atrás | Leo Saldanha

Parece que o Snapchat vai insistir nos óculos com câmera

Rede social mudou a estratégia de marketing e novo modelo de óculos com câmera chega com mais recursos do que a versão anterior

por Revista FHOX

Faz um ano que o Spectacles do Snap foi lançado com certo alarde. A ideia de um óculos de sol descolado com câmera chamou bastante atenção na época do lançamento. Até porque permitia transmitir fotos e vídeos de forma automática para o app Snapchat no smartphone. As vendas começaram bem, mas não demorou para o produto encalhar nas lojas. Agora diversos sites de tecnologia dão como certo uma nova versão do produto. O novo Spectacles vai custar mais caro (300 dólares) enquanto a primeira versão custava 129 dólares. Entre as supostas evoluções uma câmera dupla e recursos mais avançados de localização. Se o rumor vai se concretizar ou não é outra história. Outra aposta da marca é o design novo do app. O Snapchat diz que o aplicativo é a nova câmera dos jovens. A empresa até lançou um comercial de tevê afirmando isso e mostrando os inúmeros diferenciais da rede social.

>> Aumentando a realidade na fotografia 

A marca também lançou uma campanha digital para educar os usuários e interessados sobre a ferramenta.  whatis.snapchat.com . O fato é que o CEO Evan Spiegel posicionou o Snapchat como um fabricante de câmeras nos últimos 18 meses. A estratégia parece não ter dado muito certo. Nas últimas semanas a empresa demitiu mais de 200 funcionários entre engenheiros e marketing. Será que o novo Snapchat vai virar o jogo? Vale destacar que a empresa conta com alguns trunfos: realidade aumentada, usuários jovens e recursos inusitados. Outro dado relevante é que o app é o mais baixado entre os jovens com menos de 25 anos. O problema seriam os “adultos” acima dessa faixa etária que não se interessam ou parecem não ter entendido o poder e o apelo do canal. Talvez por isso da campanha de marketing educativa ajude a reverter esse quadro (saiu até nas redes de televisão dos Estados Unidos). Enquanto isso o ambiente competitivo não mudou. Pois não dá para esquecer da fortíssima concorrência do Instagram que não para de fechar o cerco para cima do Snapchat.